03 novembro 2011

Segunda-Feira – 24/10 – 19h30min.

Congresso Empresarial - Corredor dos 23
A Distinção
Diz o texto Sagrado: “Disse o Senhor a Moisés: Levanta-te pela manhã cedo, apresenta-te a Faraó e dize-lhe: Assim diz o Senhor, o Deus dos Hebreus: Deixa ir o meu povo, para que me sirva. Pois esta vez enviarei todas as minhas pragas sobre o teu coração, e sobre os teus oficiais, e sobre o teu povo, para que saibas que não há quem me seja semelhante em toda a terra. Pois já eu poderia ter estendido a mão para te ferir a ti e o teu povo com pestilência, e terias sido cortado da terra. (Êxodo 9.13-15).


Faraó escravizava o povo de Israel ano após ano, geração após geração, a mais de quatro séculos. Deus então, disse...
a Moisés para que ele fosse até Faraó e que mandasse que o mesmo deixasse o seu povo livre da escravidão.
Faraó, porém, não se importou com a palavra vinda do Senhor dos
Exércitos. Então disse o Senhor: “mas, deveras, para isso te hei mantido, a fim de mostrar-te o meu poder, e para que seja o meu nome anunciado em toda a terra.” (Êxodo 9.16).  Em outras palavras: Você está ai Faraó, porque eu quero que através do meu poder, que irá se manifestar no Egito, o meu nome seja engrandecido.E realmente, o nome do Deus do povo hebreu foi exaltado!“Ainda te levantas contra o meu povo, para não deixa-lo ir? Eis que amanhã, por este tempo, farei cair mui grave chuva de pedras, como nunca houve no Egito, desde o dia em que foi fundado até hoje. Agora, pois, manda recolher o teu gado e tudo o que tens no campo, todo homem e animal que se acharem no campo e não se recolherem a casa, em caindo sobre eles a chuva de pedras, morrerão. Quem dos oficiais de Faraó temia a palavra do Senhor fez fugir os seus servos e o seu gado para as casas; aquele, porém, que não se importava com a palavra do Senhor deixou ficar no campo os seus servos e o seu gado. Então, disse o Senhor a Moisés: Estende a mão para o céu, e cairá chuva de pedras em toda a terra do Egito, sobre homens, sobre animais e sobre toda planta do campo na terra do Egito. E Moisés estendeu o seu bordão para o céu; o Senhor deu trovões e chuva de pedras, e fogo desceu sobre a terra; e fez o Senhor cair chuva de pedras sobre a terra do Egito. De maneira que havia chuva de pedras e fogo misturado com a chuva de pedras tão grave, qual nunca houve na terra do Egito, desde que veio a ser uma nação. Por toda a terra do Egito a chuva de pedras feriu tudo quanto havia no campo, tanto homens como animais; feriu também a chuva de pedras toda planta do campo e quebrou todas as árvores do campo. Somente na terra do Gosén, onde estavam os filhos de Israel, não havia chuva de pedras.” (Êxodo 9-17.26).                                  

A chuva de pedras veio para destruir, e destruiu sim grande parte do Egito. Porém essa foi só uma das 10 pragas que Deus mandou ao Egito, mas dentre todas as pragas, o povo de Israel não foi atingido em nenhuma delas.
A verdade é que houve distinção, entre o povo de Deus e o povo do Egito, entre o povo que dava ouvidos a voz de Deus e o Povo que não estava nem ai para as suas palavras.

Nos dias atuais, não é diferente: há muitas pessoas que não se importam com o que estão lendo agora, por exemplo. Ela sempre acha que sabe muito, e como ela não tem se importado com o que Deus tem falado, as pragas têm atingindo a sua vida.

Dê ouvidos a palavra de Deus, e verás na sua vida essa distinção.


Deus abençoe abundantemente
A redação

Um comentário: