07 março 2012

Perdeu o 13º Capitulo de "Rei Davi"? Assista aqui no IURD SÃO PEDRO BLOG...

Saul dorme e tem um sono agitado. Rispa vela seu sono. Ele murmura e se revira até que acorda gritando, angustiado. Ziba diz a Rispa que vai fugir e a aconselha fazer o mesmo. Saul se revolta quando um sacerdote diz que Deus não tem nenhuma mensagem para ele. Davi diz a Joabe que teve a sensação de estar sendo vigiado. O sacerdote consulta Urim e Tumim, artefatos sagrados parecidos com pedras pelas quais Deus secomunica. Ele não obtém resposta e Saul fica ainda mais preocupado. O rei então resolve consultar uma feiticeira e Paltiel diz saber onde encontrar uma.
Saul se disfarça de mendigo para que ninguém perceba onde está indo. O rei diz a Jonatas que pretende falar com Deus evocando o espírito de Samuel. Ele se recusa acompanhar o pai. Ainoã insiste com Esbaal, tentando convencê-lo a se tornar o novo rei de Israel, posto que ele não tem interesse em ocupar. Ainoã vê Ziba saindo com sacolas e o detém. O servo diz que está se prevenindo, pois não crê que Saul vença a guerra. Ziba explica o que o rei pretende fazer para falar com Deus. Adriel agride violentamente Merabe por um motivo fútil.
Saul, Abner e Paltiel caminham à procura de Allat. Joabe e outros soldados se despedem de suas esposas em Ziclague e partem para se juntar ao exército filisteu. Saul acha Allat e finge ser pobre. Ela não percebe que é o rei. Ele pede que a feiticeira traga Samuel. Jonatas divide com Ainoã a preocupação com os atos de seu pai. Ela diz que é um grande erro ir contra as leis de Deus e Jonatas diz ser tarde demais. Abiatar caminha pela cidade que, de repente, é invadida por amalequitas. Jonatas pede que Tirsa cuide de Mefibosete caso algo aconteça com ele na batalha. Os amalequitas destroem a cidade e Itai luta contra eles. Ele e as esposas de Davi conseguem se salvar. A esposa de Joabe é levada por um dos soldados junto com outras mulheres.
Allat reconhece Saul e ele diz que não fará mal a ela. Surge o espírito de Samuel. Somente Saul consegue ver o profeta, que pergunta por que foi trazido ao mundo dos vivos. Samuel diz a Saul que tudo o que está acontecendo é culpa dos seus atos de desobediência e não há nada que ele possa fazer para mudar seu destino. Mical fica revoltada ao ver que a irmã foi espancada novamente. Samuel diz que Deus entregará Saul e Israel às mãos dos filisteus. Abner e Paltiel despertam Saul de uma espécie de transe e tentam alimentá-lo. Saul perde suas esperanças em vencer a batalha.
Mical confronta Adriel, que a humilha. Ele promete se vingar. Saul ignora Allat e vai embora. Mical procura Ziba e pede que ele arrume alguns homens para dar uma surra em Adriel. Allat deixa a caverna que se escondia. Homens encurralam Adriel e lhe dão uma surra. Mical observa o cunhado. Saul diz a Jonatas não há esperança para a batalha. Jonatas então diz que morrerá ao seu lado. Laís diz para sua filha, Bate-Seba, que já percebeu a forma com que ela fala de Davi. Bate-Seba admite seus sentimentos. Diz que casou obrigada e que se tivesse escolha preferia estar casada com Davi. Ela sai e Laís vai atrás dela, inconformada. Os príncipes tentam convencer Aquis que Davi os trairá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário