03 dezembro 2012

VIDAS QUE MARCAM - COLÔMBIA


Prezado bispo Macedo,
A Igreja Universal está provocando uma revolução silenciosa aqui na Colômbia.
Nosso país sempre foi marcado pelo poder dos cartéis de drogas que oprimem o povo e espalham sangue nas ruas.
Mas hoje, como nunca antes, existe um número cada vez maior de pastores colombianos. Um exército de homens e mulheres recuperados de grupos criminosos.
Muitos foram libertos do vício da cocaína e, se não fosse a Obra de Deus, estariam recrutados pelo narcotráfico ocupando cargos de alto comando.
Agora estão sendo enviados para...
...outros países, como Estados Unidos, Venezuela, República Dominicana e Espanha, para pregar a Palavra de Deus.
A Colômbia está exportando homens de Deus ao invés de drogas através da presença da IURD!
Deixamos de enviar o que destrói pelo que constrói e reconstrói, pelos que usam o Evangelho para erguer pessoas da desesperança!
Eu sou testemunha viva dessa revolução. Tudo aconteceu muito rápido na minha vida.
Nasci assistindo meu pai espancar minha mãe em suas crises de bebedeira. Aos 16 anos, viciado em álcool, já tinha experimentado todos os tipos de drogas, o que me levou a mergulhar no crime.
Os grupos fora-da-lei com quem convivia levavam drogas em rotas para Itália, México e Panamá, entre tantas maneiras, utilizando as "mulas do tráfico".
Eram jovens que viajavam após engolir cápsulas de cocaína e heroína, enroladas em tecidos de luvas cirúrgicas, em troca de dinheiro ou do próprio sustento do vício.
Na guerra com a polícia e com outros cartéis, tive colegas mortos, outros presos e quase fui assassinado a tiros. Vi a morte de perto várias vezes.
Fui resgatado desse inferno ao conhecer um pequeno trabalho da IURD no interior da Colômbia e, pouco a pouco, fui transformado de dentro para fora.
Larguei a vida bandida, me libertei totalmente, decidi seguir os ensinamentos de Jesus e, há 12 anos, fui consagrado pastor.
Como eu, temos centenas de homens de Deus batalhando para recuperar vidas da perdição da violência.
O lançamento do livro "Nada que Perder" aqui em Bogotá reuniu esse exército de pastores junto com o povo colombiano.
Foi um evento festivo que virou notícia nos jornais e na TV daqui. Uma alegria para comemorar esta revolução que mudou nossas vidas.
Após o lançamento, muitos têm procurado a Igreja curiosos em conhecer mais de perto as lições de fé e perseverança "de um brasileiro chamado Edir Macedo".
O desafio que o Espírito Santo nos coloca agora é usar o livro do senhor para aumentar, ainda mais, essa tropa de homens e mulheres colombianos valentes.
Um exército de gente cheia de gratidão dentro de si.
Gracias, Obispo Macedo. Gracias, Iglesia Universal. Muchas gracias, Señor Dios!
Carlos Neusa, 41 anos, pastor colombiano, Cidade de Medellín
Fonte: Blog do bispo Macedo

Nenhum comentário:

Postar um comentário