06 fevereiro 2013

O SANGUE DA CONSAGRAÇÃO

                                                         A palavra “consagrado” quer dizer “dedicado”, e se consagra por intermédio de uma oferta. Sendo assim, quando se oferta em favor de alguém, na verdade, está se dedicando à pessoa por quem se ofertou. Tal oferta, sendo feita a Deus, significa que aquela pessoa passa a pertencê-Lo. (Levítico 27.2) “E quem é de Deus o diabo não toca.” (1 João 5.18). Salvo, com a permissão divina, como no caso de Jó. Jó 2.6 Quantas famílias estão sendo atingidas por forças espirituais do mal, que colocam vícios, doenças, miséria, desentendimentos e, o pior de tudo, causam a morte – como em alguns casos, em que ela chega de forma tão prematura e banal, por falta de cuidado, segurança ou de consagração a Deus? Porém, a pergunta mais importante é: para onde vão as almas dessas pessoas?...
  Porque, na verdade, a morte é iminente a todos os seres humanos e, mais cedo ou mais tarde, chegará de uma forma ou de outra para todos. Quantos pais dariam tudo e não mediriam esforços para ter de volta seus filhos? Mas, a realidade é: que depois da morte, já não se pode fazer mais nada; é preciso fazer enquanto se pode. Esta consagração dos dizimistas, agregada com o voto pela família, trará proteção e, principalmente, salvação. Isso nos faz lembrar a libertação do povo de Israel da escravidão egípcia, quando cada israelita deveria sacrificar um cordeiro por cada família, de acordo com a orientação de Deus (Êxodo 12.1-6), e o sangue daquele cordeiro, colocado nas ombreiras e vergas das portas, seria o sinal de que aquelas casas eram consagradas a Deus. Êxodo 12.7-13 Os primogênitos seriam salvos, livres do destruidor, que em uma noite passaria, como passou, para matar aqueles que estivessem nas casas onde não houvesse a marca do sangue do cordeiro, enquanto todos os primogênitos dos egípcios foram mortos (Êxodo 12.29). E, quem sabe, alguns dos filhos de Israel, que não quiseram obedecer, ou não deram importância, foram vítimas desse mesmo espírito destruidor, que tem atuado da mesma forma hoje? Vem aí o Carnaval. Enquanto muitos estarão na festa da carne, nós estaremos do dia 3 ao dia 10 de fevereiro lutando pelos nossos entes queridos. Aliás, foi a partir desse evento de Êxodo 12 que foi instituída a Páscoa e a consagração dos primogênitos, para que o povo de Israel jamais se esquecesse desse ritual de consagração. Êxodo 12.14 E, assim como o sacrifício do cordeiro consagrou a casa daqueles que creram, o Senhor Jesus foi consagrado com a oferta de José e Maria. Lucas 2.22-24 Aqueles que creem serão consagrados por meio dos seus dízimos e consagrarão os seus familiares por intermédio de suas ofertas. Esta é a nossa fé: quem crê, consagrará a sua família; quem não crê, paciência!

Fonte: Blog Do Bispo Macedo

Nenhum comentário:

Postar um comentário